Demonstração do resultado de exercício da minha empresa

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on tumblr
Share on reddit
Share on telegram

Seja qual for o tamanho do empreendimento, existe uma série de obrigações legais que devem ser cumpridas. 

Uma delas é a elaboração da demonstração de resultado de exercício da empresa.

Esse documento, também chamado de DRE, deve ser feito anualmente e traz indicadores que fazem toda a diferença na gestão da empresa. 

Para saber as informações mais importantes sobre o assunto é só continuar lendo.

O que é DRE? 

A demonstração do resultado de exercício da empresa é um resumo dos valores das operações do negócio dentro de um exercício. 

Normalmente, o período analisado é o de doze meses, mas pode-se escolher outros intervalos.

Na DRE, constam informações, como receitas, despesas, custos, que, juntas, forma o resultado líquido daquele espaço de tempo. 

Esses dados servirão de base para o trabalho de analistas, investidores e dos gestores da empresa.

A partir dessas informações, é possível, por exemplo, calcular o lucro ou prejuízo dentro do exercício. 

Além disso, gastos ou ganhos específicos podem ser analisados.

A DRE do período anual é obrigatória por lei. É exigido, também, que empresas de capital aberto divulguem suas demonstrações de forma pública.

Informações obrigatórias na DRE

A lei 6040/1976, em seu artigo 187, torna obrigatória a DRE e ainda determina quais dados devem constar nela.

De acordo com a legislação, a demonstração deve conter os valores da receita bruta, indicando suas deduções, como devoluções, abatimentos e impostos sobre venda. 

A partir desse valor chegamos à receita líquida, da qual retira-se os custos das vendas e prestação de serviços.

Nesse momento tem-se o que chamamos de resultado operacional bruto. 

Dele são subtraídas despesas operacionais, como as administrativas e despesas financeiras líquidas, incluindo variações monetárias. 

É aí, também, que são somadas outras receitas. Podem ser incluídas vendas de bens, equivalências patrimoniais, entre outros.

A partir dessa operação gera-se o resultado operacional líquido, no qual deve-se indicar os valores de impostos, debêntures, funcionários e participações. 

O valor final é o resultado líquido do exercício.

Elaboração da estrutura da DRE

A estrutura varia de acordo com as necessidades e exigências de cada empresa. Mas, em essência, constam o resultado bruto e líquido e o resultado operacional e não operacional. 

Veja abaixo um exemplo da estrutura comum de uma demonstração:

Receita operacional bruta
( – ) Deduções
( = ) Receita operacional líquida

( – ) Custos das vendas
( = ) Resultado operacional bruto

( – ) Despesas operacionais

( – ) Despesas financeiras líquidas

( = ) Resultado operacional antes de impostos e contribuições

( – ) Imposto de renda e contribuição social

( = ) Lucro líquido antes das participações

( – ) Participações

( = ) Resultado líquido do exercício

Qual a Importância?

Na prática a demonstração do resultado de exercício da empresa traz importantes indicadores à saúde do empreendimento. 

A partir dessas informações, é possível analisar o andamento dos negócios e realizar um planejamento estratégico efetivo.

É possível analisar os lucros e entender o que vem dando certo e verificar o que possivelmente pode causar prejuízos e, assim, possibilitar realizar alterações. 

O planejamento tributário também pode ser feito tendo como base os dados da DRE. 

Além desses, informações importantes para o dia a dia da empresa, facilitando a gestão, também podem ser verificadas no documento. 

Para todas essas ações, incluindo a construção de uma declaração corretamente, são necessários profissionais capacitados. 

A gestão financeira é um setor determinante para o sucesso da empresa. Por isso, conte com a ajuda de uma consultoria tributária. 

Gostou deste artigo? Continue acompanhando nosso para ter mais informações sobre impostos, tributos, taxas, contribuições e outros termos da contabilidade. 

Até a próxima!

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on tumblr
Share on reddit
Share on telegram

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em Contato

Regime Tributário

Sua Empresa é: