20.6 C
São Bernardo do Campo
terça-feira, abril 7, 2020
Carga Tributária

O que é fator R na contabilidade?

O fator R é feito mensalmente e serve para verificar em qual anexo a sua empresa será tributada no Simples Nacional.

Todas as empresas que optaram pelos tributos do Simples Nacional precisam identificar o anexo (III ou V) ao qual se enquadram para proceder o recolhimento de impostos sobre a prestação de serviço.

Desde 2018, quando ocorreram alterações neste regime tributário, as dúvidas aumentaram. Mas o que trouxe mais inseguranças foi o chamado fator R.

Quer entender melhor sobre isso? Então, fique com a gente até o final!

O que é Fator R?

É o nome de um cálculo que compara os indicadores principais de uma instituição: faturamento bruto  e folha de pagamento, dos últimos 12 meses.

O fator R mostra quanto o faturamento da empresa foi direcionado para o pagamento de salários (inclusive comissões, pró-labore e todos os outros encargos).

Esta métrica permite que os profissionais de contabilidade estudem uma maneira de diminuir a carga tributária da instituição.

Por exemplo: as alíquotas do Anexo III são menores do que as do Anexo V.

Quando a empresa tem uma folha de pagamento muito alta, o fator R também é elevado. O que acontece é que: quanto maior o gasto com salários, menor será o imposto a pagar.

Para este caso, o enquadramento é feito no Anexo III.

Como calcular o Fator R?

Apesar de ser uma tarefa complexa, a fórmula é simples:

Folha de salários 12 meses/ Receita bruta 12 meses = Fator R

Caso o resultado seja de 28%, ou superior, sua empresa será compatível ao Anexo III. Abaixo dessa porcentagem, o enquadramento deverá ser feito no Anexo V.

As consultorias tributárias sempre orientam que este cálculo seja feito mensalmente.

O motivo é que as alíquotas são bastante variáveis e o controle mensal poderá trazer algumas vantagens para sua empresa.

Para saber qual é o fator R simples nacional, você precisa considerar:

  • Os últimos 12 meses, que é o período em que será apurado o cálculo;
  • Folha de pagamento nesses 12 meses, com encargo, pró-labore e despesa de salário;
  • Valores faturados nos últimos 12 meses, considerando a receita bruta total.

 

Atividades sujeitas ao fator R

Tomando como base o ano de 2018, abaixo estão relacionadas as empresas que são obrigadas a realizarem o cálculo do fator R por causa das atividades:

  1. Anexo III
  • 1. Arquitetura, urbanismo
  • 2. Academias de dança, capoeira, ioga, artes marciais
  • 3. Academias de ginástica, desportivas, natação, escolas de esportes
  • 4. Fisioterapia
  • 5. Laboratórios de análises clínicas, patologia clínica
  • 6. Serviços de tomografia, ressonância magnética, diagnósticos médicos por imagem, registros gráficos, métodos óticos
  • 7. Serviços de prótese
  • 8. Odontologia e prótese dentária
  • 9. Psicologia, psicanálise, terapia ocupacional, podologia, fonoaudiologia, acupuntura, vacinação, bancos de leite, clínicas de nutrição
  • 10. Medicina, laboratorial, enfermagem
  • 11. Administração e locação de imóveis
  • 12. Elaboração de programas de computadores, jogos eletrônicos (desenvolvidos no próprio estabelecimento)
  • 13. Licenciamento ou cessão de direito de uso de programas de computação
  • 14. Planejamento, confecção, atualização de páginas eletrônicas, manutenção (realizados no próprio estabelecimento)
  • 15. Empresas montadoras de estandes para feiras
  1. Anexo III
  • 1. Medicina veterinária
  • 2. Serviços de tradução, interpretação, comissária, despachantes
  • 3. Engenharia, cartografia, topografia, medição, geologia, geodésia
  • 4. Representação comercial, atividades de intermediação de negócios e serviços
  • 5. Perícia, avaliação, leilão
  • 6. Auditoria, consultoria, gestão, organização, economia, controle, administração
  • 7. Jornalismo, publicidade
  • 8. Agenciamento

 

Resumindo Fator R Simples Nacional

Toda e qualquer empresa que tenha o Simples Nacional como regime tributário, deve fazer o cálculo que compara o faturamento bruto com os gastos da folha de pagamento.

A consultoria tributária tem capacidade de avaliar, minuciosamente todos os detalhes para a identificar o fator R.

Vale a pena procurar uma agora mesmo e acertar o financeiro da sua empresa de vez!

Related posts

5 motivos para reduzir carga tributária da sua empresa com a Santo Tributo

santotributo

O que é sistema harmonizado (SH) e nomenclatura comum do Mercosul (NCM)?

santotributo

Responsabilidade tributária: tire as dúvidas mais comuns sobre o assunto

santotributo

Deixe um comentário

Entre em Contato