Santo-tributo-auditoria-fiscal-e-contabil

Auditoria fiscal e contábil: 4 diferenças [você deve ter os dois?]

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on tumblr
Share on reddit
Share on telegram

No geral, a auditoria fiscal e contábil andam de mãos dadas, para que, de fato, haja uma melhoria nos processos da organização em um empreendimento.

É imprescindível que ambas sejam implementadas em uma empresa e que sejam parceiras, para que haja melhores desenvolvimentos na gestão.

No entanto, faz-se necessário compreender suas diferenças, utilidades e o porquê é tão importante inserir as duas no seu empreendimento. 

Embora a contabilidade seja um campo muito amplo, a auditoria fiscal é um serviço considerado especializado.

Por mais que a auditoria fiscal e contábil pareçam semelhantes, e muitas vezes são tidas como sinônimos, existem diferenças significativas entre elas. 

E tudo isso é o que você vai descobrir neste artigo sobre auditoria fiscal e contábil, que simplificamos o máximo possível para ficar mais fácil entender. Veja agora!

 

O que é auditoria fiscal?

A auditoria fiscal é uma atividade que realiza inspeção em uma organização para verificar se existe um controle tributário. 

O auditor fiscal é responsável por analisar se todos os impostos foram pagos corretamente, se houve erro no cumprimento da legislação e quais são as possibilidades para corrigir as falhas.

Ela também auxilia na identificação de vantagens fiscais (de forma legal) que podem ser aproveitadas pela organização.

Desta forma, o auditor fiscal solicita os documentos da instituição para que possa fazer um comparativo entre os pagamentos de tributos realizados e as finanças. 

Seu principal objetivo é verificar se há falhas nos processos, erros nos pagamentos de impostos ou fraudes e indicar o caminho para corrigi-los.

No geral, a ideia é fazer uma avaliação do cumprimento legal das atividades e pagamento de tributos que envolvem as 3 esferas: Municipal, Estadual e Federal.

 

O que é auditoria contábil?

A auditoria contábil é um serviço que tem por objetivo a verificação dos registros financeiros de uma determinada instituição. Eles são examinados com o foco de conferir se os registros são precisos e se eles seguem os padrões das leis vigentes.

Os auditores contábeis, geralmente, são parceiros externos, analisam transações comerciais da empresa durante um período contábil específico, de modo a verificar se são autênticas e compatíveis.

No entanto, sua atividade não é feita de forma contínua, ela é solicitada quando há a necessidade de analisar transações comerciais.

Portanto, a auditoria contábil auxilia na determinação da validade e confiabilidade das informações contábeis representadas por meio de demonstrações financeiras.

 

Auditoria fiscal e contábil: principais diferenças

Agora que você compreendeu o que são auditoria fiscal e contábil e suas respectivas funções, iremos apresentar 4 diferenças significativas entre ambas. Confira:

 

1 – Qualificação Profissional

A diferença está em relação aos profissionais que desempenham a fiscalização por parte do governo.

Na auditoria fiscal, a fiscalização (não o processo de análise) é realizada por um servidor público da Secretaria da Receita Federal (no âmbito Federal) ou da Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz) no âmbito Estadual.

Em contrapartida, a auditoria contábil está diretamente relacionada ao trabalho de um contador registrado no Conselho Regional de Contabilidade (CRC).

 

2 – Fontes de informação

A auditoria fiscal realiza uma análise dos documentos e declarações relacionadas à gestão fiscal dos impostos nas 3 esferas e as guias de recolhimentos. 

O auditor fiscal identifica erros no pagamento de impostos, fraudes e sonegações.

Já a auditoria contábil analisa os livros contábeis para verificar o patrimônio da empresa. Também usa informações externas para fazer um comparativo de todos os processos. 

O auditor contábil tem a função de verificar se há conformidade entre as declarações apresentadas ou se houve falhas da organização.

 

3 – Foco

A diferença mais marcante entre a auditoria fiscal e contábil é em relação aos principais focos de cada atividade. 

A fiscal tem por foco o cumprimento das obrigações fiscais e acessórias, ou seja, ao pagamento correto de tributos conforme a legislação vigente. Ela também avalia o planejamento tributário da companhia.

Já a contábil tem como foco a análise dos registros e informações relacionadas ao patrimônio da empresa. Caso sejam encontradas falhas, a empresa pode ser penalizada.

 

4 – Entendimento legal

O auditor fiscal deve atender à legislação nacional para avaliar se a organização cumpre todas as regras. Em contrapartida, o auditor contábil possui um processo padrão definido por normas nacionais e internacionais que devem ser cumpridas.

 

Sua empresa deve ter os dois?

Se você acompanhou até aqui, tenho certeza que já percebeu a importância da inserção da auditoria fiscal e também contábil em uma organização.

Muitos empresários acreditam, erroneamente, que essas duas atividades são semelhantes e por isso não compreendem a importância de inserir as duas práticas em sua empresa.

Mas como visto anteriormente, existem diferenças pontuais e que influem diretamente na boa administração de uma instituição.

Então, a resposta para esta pergunta, com certeza já foi respondida! 

Uma boa organização é resultado de boas escolhas e investimentos, por isso não negligencie e deixe para depois. Esteja atento e insira essas práticas na sua empresa hoje! Tenho certeza que trará grandes benefícios.

Esperamos que este artigo tenha contribuído para aprimorar seu olhar a estas práticas tão essenciais.

Qualquer dúvida, estamos a disposição, deixe seu comentário!

 

Postado por Santo Tributo

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on tumblr
Share on reddit
Share on telegram

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta